Revista

Revista
Coluna Pernambucana

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Brasileiro terá de contribuir 49 anos para receber aposentadoria integral

Regra de cálculo do benefício prevê direito a 76% da base de cálculo do benefício com 25 anos de contribuição e aumento de 1% a cada ano posterior

Coletiva de Imprensa - Foto: Agência Brasil


A proposta do governo federal para a Reforma da Previdência prevê que o trabalhador terá que contribuir por 49 anos se quiser receber 100% do valor da aposentadoria a que tem direito.
Pelas regras propostas, o trabalhador precisa atingir a idade mínima de 65 anos e pelo menos 25 anos de contribuição para poder se aposentar. Neste caso, ele receberá 76% do valor da aposentadoria. A cada ano que contribuir a mais terá direito a um ponto percentual. Desta forma, para receber a aposentadoria integral, o trabalhador precisará contribuir por 49 anos, a soma dos 25 anos obrigatórios e 24 anos a mais.
“Portanto, para chegar a 100% do benefício precisará trabalhar por 49 anos”, disse o secretário da Previdência, Marcelo Caetano. O valor da aposentadoria será 51% da média dos salários de contribuição.
Atualmente, o valor mínimo da aposentadoria é o salário mínimo e o teto é R$ 5.189,82, que é reajustado anualmente pelo INPC. De acordo com o governo, o mínimo continuará sendo o salário mínimo.
Segundo Caetano, com as regras previstas na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma, será possível economizar entre R$ 5 bilhões e R$7 bilhões a cada ano apenas com o Regime Próprio de Servidores Civis. Além disso - cumprindo-se a expectativa do governo federal de aprovar a reforma ainda em 2017, bem como aprovar também uma lei específica com novas regras para o Benefício da Prestação Continuada (BPC) - poderão ser economizados outros R$ 678 bilhões entre 2018 e 2027.
“Nossa expectativa é de que o Congresso aprove [a reforma] em 2017 para garantir [os benefícios para os cofres públicos]. Só com a reforma pelo BPC para o INSS a economia será de R$ 4,8 bilhões em 2018, valor que cresce para R$ 14,6 em 2019. Em 2020, será de R$ 26,7 bilhões; e em 2021 será de R$ 39,7 bilhões. De 2018 a 2027, a economia seria algo em torno de R$ 678 bilhões”, disse o secretário. “Além disso, com regime próprio de servidores civis, a economia será de R$ 5 bilhões a 7 bilhões por ano”, acrescentou.
O Benefício da Prestação Continuada (BPC) equivale a um salário mínimo mensal que é concedido a idoso com mais de 65 anos ou pessoas com deficiência física, mental, intelectual ou sensorial de longo prazo. O governo pretende que, no caso de idosos, a idade mínima passe para 70 anos, em uma transição gradual de 10 anos.
A ideia do governo é fazer com que a renda de todos os entes da família passem a ser consideradas para o cálculo, sem as exceções previstas na lei atual – caso, por exemplo da renda obtida por pessoas com deficiências. Nas regras atuais, para receber o BPC, a renda per capita da família tem de ser inferior a um quarto do salário mínimo.
Pensões
As pensões pagas a viúvas e viúvos poderão, eventualmente, ser menores do que o salário mínimo, segundo o secretário. "Nas pensões por morte, o valor pago [à viúva ou viúvo] será de 50% da aposentadoria, acrescido de um adicional de 10% por dependente. Essa cota não será mais revertida para a viúva [ou viúvo] quando o filho completar 18 anos de idade", disse, ao ressaltar que as novas regras só valerão após serem promulgadas, não abrangendo as pensões que já são pagas. “Entre nossas premissas está a de não mexer com direitos já adquiridos”, acrescentou.
Idade mínima
As novas regras estabelecem idade mínima de 65 anos para homens e mulheres, segurados do INSS, servidores públicos, trabalhadores rurais e urbanos poderem pedir a aposentadoria, assim como parlamentares e detentores de cargos eletivos. O tempo mínimo de contribuição será de 25 anos.
As regras valerão para homens com idade inferior a 50 anos e mulheres com menos de 45 anos. Para os contribuintes com idade superior, a proposta prevê a aplicação de um acréscimo de 50% sobre o tempo que restava para a aposentadoria, tendo como base a regra antiga.
“Digamos que homem de 52 anos, com 34 de contribuição, com a regra de transição aplica-se 50% do tempo. Como o tempo de contribuição era 35 anos, o tempo que falta passa de 1 ano para 1 ano e meio”, disse o secretário.
Congresso Nacional
Na segunda-feira (5) ao deixarem a reunião no Palácio do Planalto em que debateram a reforma, sindicalistas disseram que, na forma como foi apresentada, a reforma não será aprovada no Congresso Nacional. Eles reclamaram da idade prevista na regra de transição, que deveria ser feita de forma mais suave.
Questionado se o governo está preparado para mudanças da reforma no Congresso, Caetano disse que as questões políticas fogem de seu controle, mas defendeu que a reforma é necessária ou o país terá de encarar problemas previdenciárias no futuro.

“O Congresso é fundamental nesse aspecto. É o local do diálogo social. No ambiente democrático seu papel é fundamental. Mas essa reforma foi feita com visão de Estado. Não de governo. Temos uma visão de longo prazo. Se começar a abrir mão de muita coisa vai ter que fazer uma nova reforma lá na frente. A reforma tem que ser duradoura. Queremos evitar não ter como pagar a Previdência, como acontece em vários estados. Se a reforma não for feita, daqui a 2 anos teremos que fazer nova entrevista para explicar uma nova reforma”, disse o secretário, em entrevista coletiva no Palácio do Planalto.
http://www.folhape.com.br/

Se não mudar a agenda, Michel Temer desembarca em Caruaru nesta sexta-feira (9)

O presidente Michel Temer (PMDB) agendou para a sexta-feira (9) uma visita ao principal novo reduto tucano no interior do Nordeste: Caruaru, no Agreste de Pernambuco.

Se confirmada, será a primeira visita à região e a agenda incluiria também Fortaleza, no Ceará. Apesar do ápice da crise política e dos rumores de cancelamento da viagem, a agenda ainda é considerada mantida nesta quarta (7) por auxiliares do presidente em Pernambuco – Temer conta com quatro ministros pernambucanos na equipe. Caruaru simboliza a principal vitória tucana no interior da região nas eleições 2016, com a prefeita eleita Raquel Lyra, filha do ex-governador João Lyra, também tucano.
Em Pernambuco, o PSDB cogita disputar uma vaga para o Senado e até mesmo a cadeira de governador, em 2018, com o ministro das Cidades, o tucano Bruno Araújo. E Caruaru é considerada a principal vitrine do desempenho eleitoral tucano, embora Raquel Lyra e seu pai, João Lyra, tenham se filiado ao partido em abril, depois de serem praticamente “expulsos” do PSB do governador Paulo Câmara.
Em 14 de junho, em meio ao impeachment, Temer chegou a agendar para aquela data o que seria a sua primeira visita ao Nordeste, como uma tentativa de reverter a forte impopularidade no principal reduto petista do País. Na época ele iria ao sertão pernambucano, visitar a transposição do Rio São Francisco.
Com a ida a Caruaru, Temer faria um gesto para Bruno Araújo, para o PSDB e também para a família Lyra, que prometem ter um papel renovado nas eleições 2018 em Pernambuco. Tanto que os tucanos, após terem os cargos no governo estadual pedidos de volta por Paulo Câmara, já são cortejados novamente pelo PSB.
REFERÊNCIAS:
Escrito por Giovanni Sandes
Fonte: http://jc.ne10.uol.com.br/blogs/pingafogo/2016/12/07/temer-agenda-visita-a-caruaru-reduto-tucano-no-interior-do-nordeste-na-primeira-visita-a-regiao/

Em Buíque - Prefeito Jonas Camelo, anuncia nomeação de todos os aprovados no concurso publico que foi homologado em Julho passado.

Como todo final de governo sempre fica reservado a grandes surpresas, em Buíque no agreste do estado a surpresa maior cai como um dos mais almejados presentes de natal  para  os  outros 336 aprovados em varias áreas  do concurso publico realizado na gestão do atual prefeito do município Jonas Camelo de Almeida Neto.

Considerando a homologação do certame publico para os provimentos dos 352 cargos  efetivos  no ultimo dia 01 de Julho passado, depois  de ter nomeado em caráter emergencial 16 profissionais da área de saúde, nestes primeiros minutos desta terça –feira (06) por intermédio do coordenador geral de gabinete, Ronaldo Andrade, o chefe do poder executivo municipal Buiquense autorizou   a divulgação da noticia mais aguardada de todos os tempos dos aprovados  no Concurso Publico de Buíque.

De acordo com as informações extraídas em primeira mão, segundo o coordenador geral de gabinete , o prefeito em alto e bom tom anunciou a nomeação  de todos os demais aprovados até  no máximo o dia 30, ultima sexta feira do ano.

Protegido por  Lei , uma vez que todos os  contratos serão  rescindidos, o edital de nomeação resguardará o direito dos aprovados  iniciarem o ano de 2017 com seus empregos garantidos , isso por que as vagas  preenchidas pelos contratos temporários passarão a ser preenchidas pelos   efetivados.

http://www.girosocialb.com Por: 

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Quem quer aposentadoria aos 65 anos nunca cortou cana ou carregou cimento

carvoaria1Do Blog do SAKAMOTO
Normalmente quem defende a imposição da idade mínima de 65 anos para aposentadoria somos nós, jornalistas, cientistas sociais, economistas, administradores públicos e privados, advogados, políticos.
Afinal de contas, o que são 65 anos para nós, que trabalhamos em atividades que nos exigem muito mais intelectualmente?
Diante da incapacidade de se colocar no lugar do outro, do trabalhador e da trabalhadora que dependem de sua força física para ganhar o pão, no campo e na cidade, esquecemos que seus corpos se degradam a uma velocidade muito maior que a dos nossos.
Ou seja, a menos que tenham tirado a sorte grande na loteria da vida, eles tendem a ter uma vida mais curta (e sofrida) que a nossa. No Maranhão, a média da expectativa de vida masculina é de 66 anos.
Já fiz esse debate por aqui, mas quero retomá-lo por conta da notícia de que o governo federal quer priorizar as mudanças no INSS entre todas as reformas que pretende tocar.
”Eu pessoalmente, e penso que falo em nome do presidente Temer, penso que nós não devemos nesse momento trazer para um debate mais amplo nenhum tema que não seja a reforma fiscal e a reforma da Previdência”, afirmou o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, nesta segunda (12). ”Penso que nós vamos centrar fogo neste momento até nós conseguirmos aprovar essas duas reformas, que são fundamentais para o Brasil.”
Você que está, neste momento, fazendo mimimi para isso, provavelmente não costuma carregar sacos de cimento nas costas durante toda uma jornada de trabalho, cortar mais de 12 toneladas de cana de açúcar diariamente, queimar-se ao produzir carradas de carvão vegetal para abastecer siderúrgicas e limpar pastos ou colher frutas sob um sol escaldante.
Ou, se teve uma vida com essas provações e, mesmo assim, concorda com os doutores que defendem essa mudança em nome dos cofres públicos, achando que ”quem quer se aposentar antes dos 65 é vagabundo”, parabéns. Você consegue, como ninguém, exercer o papel de cão de guarda do capital alheio.
Aos 14 anos, muitos desses trabalhadores já estavam na luta e nem sempre apenas como aprendizes, como manda a lei. Às vezes, começaram no batente até antes, aos 12, dez ou menos. Afinal, no Brasil, acredita-se que o ”trabalho molda o caráter da criança”.
Os sábios que estão discutindo no Ministério da Fazenda a questão da imposição da idade mínima como requisito, além, é claro, do tempo de contribuição e/ou de serviço, deveriam ter que explicar a proposta, cara a cara, para um grupo de cortadores de cana ou de pedreiros.
Sem meias palavras, sem enganações. Se sair inteiro de lá, pode tocar a proposta.
O ideal seria, antes de fazer uma Reforma da Previdência Social, garantirmos a qualidade do trabalho no Brasil, melhorando o salário e a formação do trabalhador que vende sua força física, proporcionando a eles e elas qualidade de vida – seja através do desenvolvimento da tecnologia, seja através da adoção de limites mais rigorosos para a exploração do trabalho. O que tende a aumentar, é claro, a produtividade.
Mas como isso está longe de acontecer (basta ver a ”vida” dos empregados de frigoríficos em todo o país, que são aposentados por invalidez aos 30 e poucos anos por sequelas deixadas pelo serviço), a discussão talvez passe por um regime diferenciado para determinadas categorias.
E, mesmo assim, a discussão não é simples, pois em algumas delas os profissionais são levados aos limites e aposentados por danos psicológicos – ou chegam aos 60 sem condições de desfrutar o merecido descanso.
Há milhões de pessoas, fundamentais para o crescimento do país, que se esfolam a vida inteira e não devem ser deixadas na beira da estrada quando deixarem a população economicamente ativa.
Infelizmente, o governo federal acha que o Brasil é um grande escritório com ar condicionado.

Agricultor perde o controle de veículo, bate em casa e morre em Arcoverde, PE


Um agricultor morreu na madrugada deste domingo (4), no bairro São Cristóvão, em Arcoverde, Sertão de Pernambuco.


Lourival Evaristo Rogaciano, de 36 anos, conduzia um veículo Citroen, de placas KJG-6202, quando perdeu o controle da direção e colidiu em uma residência, com a força da batida o veículo ficou parcialmente destruído, o condutor foi lançado e sofreu um corte profundo no pescoço que causou sua morte.

A Polícia foi acionada, realizou levantamento cadavérico e constatou que não haviam outras pessoas no veículo, o corpo foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

Fonte: Agreste Violento

Prefeito da cidade de Buíque convoca 16 profissionais da área de saúde aprovados no ultimo concurso em caráter emergencial


Em Buíque no agreste do estado, assim como em todo o país a situação do  sistema de saúde publica  estar vivendo seus piores dias , o que direto e indiretamente atinge toda uma população que depende unicamente dos serviços públicos  que por sua vez   estão funcionando em todo território Brasileiro  no seu limite  com  a falta de repasses  que estão diminuindo cada vez decorrente da crise financeira   que começa  pelos Governos Federais e termina nos municipais , isso é fato!!!
Ciente da gravidade dos problemas, inclusive com  o fechamento da Casa de Saúde Senador Farias que por determinação de  órgãos superiores  só pode atender a população com médicos de plantão, o prefeito do município, Jonas Camelo de Almeida Neto, considerando o ofício de Nº 906/2016 GAB/PJ e cumprimento do  Termo de Ajuste de Conduta(TAC) advindo  do Ministério Publico de Pernambuco Promotoria de Justiça de Buíque, em  caráter emergencial  no ultimo dia primeiro de Dezembro  através da Portaria Nº 435 resolveu  nomeia os servidores públicos  aprovados no ultimo concurso  para ocupar cargos de provimento efetivo na Secretaria  Municipal de Saúde do Município.  

Visando tornar em caráter emergencial  a viabilidade da normalização dos serviços de saúde dentro do âmbito do município, dos 352 aprovados, inicialmente apenas 16 servidores da área da saúde foram convocados isso e, considerando o resultado do Concurso Publico originário do Edital 01/2016. Conforme gráfico abaixo  obtido com exclusividade pelos Portal Girosocialb.

                                                  Enfermeiro Ana Nery
Classificação
Nome
Renatta  Fernanda Torres de Castro
Carlos José Silva Gonsalves
Dayana Bezerra de Freitas

Portador de Deficiência PCD
Cynthia de Fátima Farias Lafayette

Enfermeiro PSF
Layse Mayane Silva Nascimento

Portador de Deficiência PCD
Thayse Cavalcante Barros

Médico Clinico Geral
Luís Carlos Cavalcanti Filho
Ianna Marrielly Gomes Martins
Marilia Kelly Leite Resende Rabelo
Sérgio de Holanda Cavalcanti
João Otávio Moraes Rolim
Nelly  Maria Sampaio Ferreira
Adriana Sorelly Nunes de Almeida Araújo

Medico Ultrassonografista
Paulo Mário de Gois Filho

Medico Psiquiatra Para o CAPS
Hugo Resende Colobialle

Médico Obstetra
Viviane de  Fatima Baptista dos Santos Armond

  No 5º artigo, o prefeito determinou a Secretaria de saúde do Município, Fernanda Camelo que proceda aos ditames de praxe, inclusive quanto ao arquivo de documentos pessoais dos nomeados.
Ressaltando que, de acordo com  Fernanda Camelo, secretaria de saúde do município,  este edital de nomeação  atende a  necessidade da falta dos profissionais da área de saúde, entretanto os demais  aprovados  inclusive de outras áreas  deverão aguardar segundas informações  que poderão surgir a qualquer momento de acordo com a determinação do chefe do poder executivo.

Fonte: http://www.girosocialb.com Por: 

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Cantora Michelle Melo apoia campanha de Natal da LBV

A artista visitou a unidade socioeducacional da Instituição em Pernambuco
Recife, PE —  A cantora Michelle Melo visitou o Centro Comunitário de Assistência Social da Legião da Boa Vontade (LBV), na capital pernambucana, e vestiu a camisa da Campanha Natal Permanente da LBV – Jesus, o Pão Nosso de cada dia!, mobilizando seus seguidores em suas redes sociais a colaborarem com a iniciativa solidária.

Ela foi recebida pelas crianças e adolescentes do programa Criança: Futuro no Presente! e, na ocasião, conversou com eles sobre as atividades que eles participam. A cada sala de atividade a cantora se emocionava com as ações socioeducativas empreendidas pela LBV. “Estou encantada com a LBV. A partir de hoje meu coração faz parte da Instituição”, declarou.

Durante a visita, Michelle Melo compartilhou ao vivo pela sua rede social, a sua alegria em conhecer o trabalho realizado pela Instituição, convidando seus fãs a colaborarem com o trabalho desenvolvido. “Convido todos a doarem à Campanha de Natal da LBV e também a multiplicarem pelas suas redes sociais. Você pode ajudar assim, mobilizando seus familiares, seus vizinhos e seus amigos. Venha fazer parte da LBV”.

A cantora disse que encontrou o exercício do amor ao próximo. “A LBV não é somente uma Instituição, é um mundo mágico que quero para mim e meus filhos. Desejo que quando as pessoas pensem em Humanidade tenham a LBV em sua mente e coração. A LBV me deu essa lição”.

Artistas e personalidades estão unindo esforços para mobilizar a população a ajudar quem mais precisa. A campanha abrange o país inteiro e conta com a participação de colaboradores e parceiros para realizar a entrega dos mantimentos a mais de 50 mil famílias em todo o Brasil.


Em Recife, o Centro Comunitário de Assistência Social da Legião da Boa Vontade está localizado na Rua dos Coelhos, 219 — Boa Vista. 

Para outras informações, ligue: (81) 3413-8600.
Vânia Besse e Bruna Gonçalves

Assessoria de Comunicação e Relacionamento Institucional da LBV.