Naipes

domingo, 26 de junho de 2016

Cachê de Wesley Safadão vai voltar pra Caruaru e vai ser doado pra quem precisa realmente! Disse o artista durante o show



Wesley Sadadão que é considerado hoje o artista mais popular do país, disse em suas palavras 
durante o show que realizou em Caruaru neste sábado 25/06 sobre a drástica polemica que como ele próprio ressaltou; sobrou para ele que não tinha nada a ver.

O Cantor foi claro e disse que se o problema for dinheiro "eu vou cantar em Caruaru nem que eu cante de graça" quanto ao problema do país é o governo que tem que resolver e não eu, acrescentou! é o governo que tem que pagar bem!!!
Dando continuidade o cantor esclareceu que o problema foi resolvido, e o que tinha pra ser provado foi provado .
em relação ao cachê Wesley Safadão disse; "Eu não vou pegar um centavo desse dinheiro, e todo o meu cachê vai ser doado para instituições de caridade aqui de Caruaru"

Finaliza Wesley Safadão, onde diz: Eu só quero é estar no São João de Caruaru todos anos!

Oposição de Buíque realiza encontro de pré-candidatos.


 O grupo oposicionista de Buíque, que tem os ex-prefeitos Arquimedes Valença e Dr. Dilson Santos, ambos do PMDB, como pré-candidatos a prefeito e vice respectivamente, deu o pontapé inicial nesta pré-campanha reunindo cerca de 60 pré-candidatos a vereador na manhã deste sábado (26), numa grande reunião onde foram abordados as vedações da legislação e outros aspectos da mini reforma eleitoral, tendo como base recomendações do Ministério Público de Pernambuco que orientam sobre as condutas que devem ser adotadas pelos postulantes a cargos eletivos no intuito de proporcionar a igualdade de condições e a lisura do pleito que se avizinha.
Representantes dos partidos PMDB, PRB, PPS, PP, PSDB, PRP, PSC, PEN, PDT, PRTB, PV, PHS, PTN e PC do B foram orientados pelos advogados Dr. Manoel Modesto, Dr. Rivaldo, Dr. Willians Gusmann e Drª. Tamires sobre os procedimentos que devem adotar para evitar implicações com a Justiça Eleitoral, condições de elegibilidade, documentação necessária, propaganda eleitoral e outros aspectos referentes ao pleito, enquanto o Dr. Damião orientou os presentes sobre prestações de contas, valores limites de gastos para cada cargo e as mudanças da legislação eleitoral neste segmento.
Finalizando o evento, o pré-candidato a prefeito Arquimedes Valença agradeceu aos presentes todo o empenho do grupo e conclamou a todos para se irmanarem e realizarem uma campanha limpa, com transparência e respeito a legislação eleitoral.

(FONTE: Assessoria)

sábado, 25 de junho de 2016

Campanha Católica na internet alerta que “demônio agirá por meio da Globo”

Cena de sexo gay em "Liberdade, Liberdade" vai ao ar dia 12 de julho
A Rede Globo exibirá no próximo dia 12 a primeira cena de sexo entre dois homens das telenovelas brasileiras. A cena de Liberdade, Liberdade, novela das onze, mostrará os atores Ricardo Pereira e Caio Blat em “Uma transa urgente, adiada, bruta e tão ansiada”, segundo explicou o autor do folhetim, Mario Teixeira.
De acordo com o Notícias da TV, é a quinta vez que a emissora mostrará cenas de intimidade entre pessoas do mesmo sexo. O primeiro beijo gay ocorreu na novela Amor à Vida, em janeiro de 2014. O final da novela “Em Família”, no mesmo ano, apresentou um beijo lésbico numa cena de casamento gay.
Em março de 2015, foi ao ar uma cena de beijo entre duas mulheres idosas em Babilônia. Meses depois, na minissérie Felizes para Sempre? (2015), foi exibido o encontro sexual de duas mulheres.
Para Maria Immacolata Vassallo de Lopes, coordenadora do Centro de Estudos de Telenovela da ECA de São Paulo, uma cena de sexo gay mostra que “as novelas estão avançando no tema” e que ela é “oportuna” no atual momento social.
Reação nas redes sociais
Se em outros momentos os evangélicos usaram as redes sociais para protestar contra a Globo e fazer campanhas de boicote, desta vez a maior iniciativa foi de católicos. O grupo Paraclitus fez duras críticas sobre a emissora em sua página no Facebook.
“Está na hora de deixar de assistir [a Globo]. O demônio agirá por meio dessa emissora. Você católico não pode servir a dois senhores (Deus e o demônio)”, afirma a imagem que foi compartilhada cerca de 6 mil vezes nas 12 primeiras horas. Os comentários mostram que existe uma forte divisão de opiniões entre os católicos.
Campanha em fanpage católica.
Os responsáveis pela página que tem quase dois milhões de seguidores escreveram ainda: “Uma nação cristã não pode se calar diante desta promoção de atos abomináveis aos olhos do Nosso Deus. Deus ama o pecador (a pessoa), mas abomina o pecado (a ação)”.
Uma porcentagem considerável dos comentários mostra que as pessoas não concordam com a posição da página, usando argumentos como o uso do discurso de ódio e a homofobia. Como é comum, houve troca de ofensas entre comentaristas.
O número alto de compartilhamentos mostra, contudo, que a campanha está chamando atenção. Os administradores da Paraclitus chegaram a pedir que homossexuais e simpatizantes parassem de comentar na página, que é voltada para católicos conservadores.
Até o momento nenhuma personalidade evangélica se manifestou publicamente contra a cena. Em 2012, os evangélicos fizeram campanhas contra a novela Salve Jorge, no ano seguinte atitude similar pedia que os fiéis parassem de assistir a programação da emissora. Dois anos atrás foi a última grande campanha do tipo nas redes sociais.
Via http://www.blogtvwebsertao.com.br

Conheça os ganhadores e classificados do I Salão de Arte Popular Religiosa de Pernambuco


Com curadoria do Frei Rinaldo, a maior feira de artesanato da América Latina promoveu, pela primeira vez, um salão de arte popular voltado à arte sacra. Sete técnicos julgaram, na tarde de ontem (21/06), as 50 peças selecionadas para o I Salão de Arte Popular Religiosa de Pernambuco, que obteve três ganhadores. 

São eles: 
1º) Luiz Carlos da Silva, de Buíque, com a obra Padre Cícero Fé e Esperança



2º) Mestre Zuza, de Tracunhaém, com a obra São Pedro Papa



3º) Carlos Alberto Queiroz, do Recife, com a obra Virgem de Nazaré



Os três primeiros classificados receberão R$ 6 mil, R$ 5 mil e R$ 4 mil, respectivamente, além de ferramentas da empresa Bosch. As outras 47 peças classificadas para o Salão estarão a venda durante a 17º Fenearte, que será realizada de 07 a 17 de julho no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda. 

No total, o I Salão de Arte Popular Religiosa de Pernambuco obteve a participação de 66 artesãos e 98 obras inscritas. 
Fonte: http://www.fenearte.pe.gov.br

Ação conjunta do ProRural com Secretaria da Mulher entregam 60 banheiros com fossa séptica no Sítio Angélica - Buíque PE.

  

Poder tomar banho de chuveiro, ter condições mínimas de higiene e privacidade parece simples para quem sempre teve banheiro em casa. Mas, para as 60 mulheres da Associação Renascer do Sítio Angélica essa é uma realidade que chegou agora, com a inauguração, pelo Governo do Estado, do projeto de construção de banheiros com fossas sépticas na comunidade localizada no município de Buíque, Sertão de Pernambuco.
Na última quarta-feira (22), representantes do ProRural e da Secretaria da Mulher de Pernambuco realizaram a entrega oficial dos cômodos, um projeto resultado de acordo firmado entre os órgãos com a Comissão Permanente de Mulheres Rurais. A obra, que teve investimento de R$ 194.239,00 financiados pelo Banco Mundial, representa a preocupação do governador Paulo Câmara com os grupos de mulheres.
O diretor geral do ProRural, Anselmo Pereira, lembrou que as mulheres, assim como os indígenas, jovens e quilombolas, são as salvaguardas sociais do contrato de empréstimo que o Estado tem com o Banco Mundial. "É nossa obrigação e desejo investir nesse público. Vamos liberar todos os projetos de mulheres que estiver no nosso sistema e estimular a formatação de outros investimentos, sobretudo os de fomento à produção". Promete, Pereira.
A secretária estadual da Mulher, Silvia Cordeiro, também presente no evento, ressaltou que as mulheres rurais são as organizações mais fortes, e que melhor ocupam os espaços de luta. "Nosso trabalho enquanto Governo do Estado é escutar a mulher pernambucana e construir junto com elas um processo de mudança. Ensinamos a elas a nunca desistir, a agarrar o que conquistaram e buscar novos objetivos".
Visivelmente emocionada, a representante da Comissão Permanente de Mulheres Rurais, Santina Carvalho, falou da importância da destinação de uma parcela dos recursos voltados à Agricultura Familiar para projetos exclusivos de mulheres. "Quando os recursos chegam nas nossas mãos as coisas acontecem. Hoje organizadas, as mulheres entendem o seu papel e constroem cidadania", diz Santina.


Rossana Fonseca
Assessoria de Comunicação
ProRural - Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária
Governo de Pernambuco

quinta-feira, 23 de junho de 2016

TJPE acata pedido da prefeitura e derruba liminar. Vai ter show do Safadão no São João de Caruaru

O desembargador José Viana Ulisses, da Câmara Regional de Caruaru, acatou o recurso da Prefeitura de Caruaru, autorizando a realização do show do cantor Wesley Safadão no próximo sábado (25/6). O magistrado alega que restou comprovado que, ao contrário do que se afirma na ação popular, a origem dos recursos não é do erário público municipal. O documento nº 1150849 – ofício exarado pela Fundação de Cultura e Turismo da cidade de Caruaru – traz o rol de patrocinadores dos festejos juninos no Município, com captação de recursos de diversas entidades privadas. 
O magistrado alega também que a suspensão do show, programado para ocorrer em uma única data traria prejuízos para todo o comércio local, com possíveis danos à economia local, sobretudo hotéis, bares e restaurantes, além de frustrar a expectativa do público.
A decisão do desembargador apenas autoriza a realização do show antes suspensa, mas não termina ação popular, que deve prosseguir, até para que posteriormente se confirme a legitimidade das alegações declinadas no presente agravo, além da possibilidade, caso se verifique qualquer irregularidade lesiva à Administração Pública, de ser proposta ação civil pública de improbidade administrativa contra os eventuais responsáveis.
Abaixo o texto da decisão do Desembargador José Viana Ulisses Filho. 
Tribunal de Justiça de Pernambuco
Poder Judiciário
Gabinete do Des. José Viana Ulisses Filho
Rua Frei Caneca, s/n, Maurício de Nassau, CARUARU – PE – CEP: 55012-330 – F:( )
Processo nº 0000133-04.2016.8.17.9000
AGRAVANTE: JOSE QUEIROZ DE LIMA
AGRAVADO: ANGELO DIMITRE BEZERRA ALMEIDA DA SILVA, MARCELO AUGUSTO RODRIGUES DA SILVA  
DECISÃO INTERLOCUTÓRIA
1. Trata-se de agravo de instrumento em face de decisão proferida inaudita altera parte em ação popular que determinou a suspensão de show do cantor “Wesley Safadão”, programado para se realizar no próximo dia 25.06.2016.
O juízo de primeiro grau aceitou a alegação dos requerentes de que o valor a ser pago pelo referido show – R$ 575.000,00 (quinhentos e setenta e cinco mil reais) – era excessivo se cotejado com o valor pago pelo mesmo show em outros municípios.
2. Nas suas razões de agravo, requer liminarmente o agravante a suspensão da decisão recorrida.
No mérito, pleiteia a anulação da decisão interlocutória por não haver qualquer irregularidade na contratação do show.
É o relatório. Decido.
3. De início, causa espécie, no presente caso, a discrepância entre o preço do show objeto da lide neste Município de Caruaru e aquele alegadamente estabelecido para o Município de Campina Grande, de R$ 195.000,00 (cento e noventa e cinco mil reais). Trata-se de cidades com perfis semelhantes, em que a festa de São João tem a mesma importância cultural e popularidade.
Diante dessa disparidade, foi proposta a ação popular, visando, nos termos do art. 5º, LXXIII, e da Lei 4.717/1965 (Lei da ação popular), em defesa do patrimônio público municipal.
Observe-se que o art. 1º, §1º, da Lei da ação popular define o patrimônio público, para fins de defesa pelo instrumento processual da ação popular, os bens e direitos de valor econômico, razão pela qual perfeitamente cabível no presente caso, em que visam os requerentes a preservação do erário público municipal.
4. Aduz o agravante, entretanto, que, a despeito de ser efetivamente de R$ 575.000,00 o valor do contrato estabelecido com o Município de Caruaru, justifica-se a magnitude desse valor por não haver, no caso (diferentemente do que ocorre em outros municípios), participação do cantor nos lucros da bilheteria, já que não será cobrado ingresso dos espectadores.
Traz também aos autos o agravante declaração da empresa responsável pela promoção do show, em que se afirma não haver contrato estabelecido entre o cantor e o Município de Campina Grande, existindo somente especulação dos canais de notícias acerca da existência do referido contrato, com valor de R$ 195.000,00 (cento e noventa e cinco mil reais).
Também restou comprovado que, ao contrário do que se afirma na ação popular, a origem dos recursos não é o erário público municipal. O doc. nº 1150849 – ofício exarado pela Fundação de Cultura e Turismo da cidade de Caruaru – traz rol de patrocinadores dos festejos juninos no Município, com a captação de recursos de diversas entidades privadas.
5. O art. 300, § 3º, do Código de Processo Civil preceitua:
§ 3o A tutela de urgência de natureza antecipada não será concedida quando houver perigo de irreversibilidade dos efeitos da decisão.
Trata o dispositivo transcrito do que a doutrina classifica como periculum in morainverso. O dispositivo do Diploma processual é aplicável à ação popular por previsão expressa no art. 22 da já mencionada Lei da ação popular, verbis:
Art. 22. Aplicam-se à ação popular as regras do Código de Processo Civil, naquilo em que não contrariem os dispositivos desta lei, nem a natureza específica da ação.
O periculum in mora é o perigo da demora ocasionado por eventual demora na prestação da tutela jurisdicional. É, juntamente com o fumus boni iuris, pressuposto para a concessão da tutela provisória, nos casos em que aguardar-se o julgamento com cognição exauriente da lide trariam prejuízos irreparáveis ao direito da parte requerente.
Há casos, no entanto, em que o perigo da demora é inverso. São casos em que não há possibilidade de se reverter a medida concessiva da tutela provisória.
É o caso dos autos, em que a suspensão do show, programado para ocorrer em uma única data, traria prejuízos para todo o comércio local, com possíveis danos à economia local, sobretudo hotéis, bares e restaurantes, além de frustrar a expectativa do público.
Frise-se que essa conclusão somente é possível por ter comprovado o agravante não haver, no caso, dispêndio de verba pública para o pagamento do cantor. Caso contrário, seria por óbvio priorizado o interesse público, com a manutenção da suspensão do show para se evitar o gasto de uma verba tão vultosa em um Município, como é Caruaru, no qual a saúde e a segurança pública, o saneamento básico encontram-se em níveis de precariedade extremamente preocupantes.
A incidência da Chikungunya, por exemplo, é notoriamente alta no Município, pela quantidade de mosquitos e muriçocas, cujo principal nascedouro é o rio local – rio Ipojuca. O valor despendido com o show certamente já permitiria limpar o leito do rio e reduzir a quantidade dos insetos que transmitem a doença.
Em suma, o valor a ser pago pelo show, se de verba pública se tratasse e fosse empregada em políticas públicas, não solucionaria todos os problemas do município, mas já mitigaria alguns dos graves males de que padecem os habitantes.
Diante da comprovação de que os recursos utilizados para o pagamento do show objeto da lide estão fora do orçamento do erário municipal, impõe-se a autorização para a sua realização.
6. Com essas considerações, defiro o pedido liminar para suspender, até que seja proferida decisão neste recurso de agravo, os efeitos da decisão agravada.
Advirta-se que a presente decisão apenas autoriza a realização do show antes suspensa, mas não macula a ação popular, que deve prosseguir, até para que posteriormente se confirme a legitimidade das alegações declinadas no presente agravo, além da possibilidade, caso se verifique qualquer irregularidade lesiva à Administração Pública, de ser proposta ação civil pública de improbidade administrativa contra os eventuais responsáveis.
Intime-se a parte agravada para, querendo, oferecer contrarrazões, no prazo legal.
Intime-se também, nos termos do art. 178 do CPC, o Ministério Público para, querendo, intervir no feito, na condição de fiscal da ordem jurídica.
 Caruaru, 22.06.2016
Des. José Viana Ulisses Filho
Relator
VIA http://blogdomarioflavio.com.br/

quarta-feira, 22 de junho de 2016

IBGE abre hoje inscrição para 7.825 vagas; salário é de R$ 4,6 mil

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abre nesta terça-feira (21) as inscrições de dois processos seletivos para um total de 7.825 vagas em cargos de níveis médio e superior. Os salários vão de R$ 950 a R$ 4.600. Para o edital número 02, os contratados vão atuar em 550 municípios distribuídos nos 26 estados e no Distrito Federal.

O candidato deve ter ensino médio. O salário será de R$ 1.250. O contratado terá direito ainda a auxílio-alimentação a auxílio-transporte, assim como a férias e 13º salário proporcionais.  A jornada de trabalho será de 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias.
http://www.ablogpe.com